terça-feira, 9 de junho de 2009

o remédio e o veneno

Estava lendo a revista da Folha de S. Paulo e vi a frase "a diferença entre o remédio e o veneno está apenas na dosagem".

Não é a primeira vez que vejo essa frase. Mas adivinha o que foi que passou pela minha cabeça quando li a frase? Polenguinho light.

Vai entender.

Comer polenguinho light é como ficar com vontade de comer um Cheddar Mc Melt com batata frita com muito ketchup e se saciar com um cacho pequeno de uva sem semente. Ou então querer um chocolate quente e beber chá de camomila com adoçante. Deu para entender?

O polenguinho light entrou para a minha vida e muito provavelmente ainda vou comer por muito tempo. Ele pode ser meu remédio e meu veneno porque não tem gosto de nada, mas ajuda o meu nível de cálcio e também serve para comer entre as refeições.

Sinto que voltarei ao assunto, mas como está tarde, vou comer um polenguinho antes de dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário